Central Educativa

Poliestireno ou poliuretano? Descubra qual é a melhor opção para isolamento térmico

A qualidade do material de refrigeração é muito importante para a criação de isolamento térmico, tanto em contextos domésticos quanto para uso em estabelecimentos comerciais. E quando falamos na escolha do material, há duas opções principais às quais você pode recorrer: o Poliestireno Expandido (EPS) ou o Poliuretano (PU). Cada um possui diferentes qualidades e diferentes relações de custo-benefício em seus respectivos contextos.

Poliestireno ou poliuretano? Descubra qual é a melhor opção para isolamento térmico

Muitos materiais naturais são usados como isolantes térmicos, mas as substâncias sintéticas se provaram muito mais eficazes nessa tarefa. O poliestireno é o mais antigo dos dois tipos, com aproximadamente 50 anos de uso no mercado. Sua aplicação varia desde pequenos freezers domésticos e portáteis até os grandes frigoríficos.

O poliuretano, por outro lado, é um material mais jovem, com menos de 35 anos de uso e testes. Porém isso não significa que ele tenha menos utilidade ou menos aprovação do mercado. Pelo contrário, ele é a norma na maioria dos casos.

Para saber o melhor fornecedor de poliestireno expandido ou poliuretano, é preciso pesquisar.

Para que você entenda melhor a diferença e saiba se deve escolher o EPS ou PU em seu projeto, veja aqui alguns fatores de comparação:

Fator K

O Fator K é referente à capacidade que determinado material possui em conduzir calor. Quanto mais elevado for, mais rapidamente esse calor será conduzido. E pode ser representada por:

(κ = ΔQ/AΔt * L/ΔT)

Sendo assim, materiais que apresentam baixa condutividade térmica são utilizados como isolantes, enquanto os de alta condutividade são usados como dissipadores.
O poliuretano possui um Valor R aproximadamente duas vezes maior que o do poliestireno. Sendo assim, ele preserva a temperatura interna por muito mais tempo.

Resistência ao fogo

Materiais inflamáveis são sempre um problema de segurança em qualquer estabelecimento. E na hora de escolher entre poliestireno ou poliuretano, esse fator também entra em consideração.
O poliestireno derrete em temperaturas entre 90 e 150oC, que é uma marca bem fácil de atingir durante um incêndio. Já o poliuretano resiste até 370oC, mas pode resistir à temperaturas bem maiores dependendo de sua concentração de carbono, o que é muito mais seguro. Já permite ser adicionado em sua formulação anti-chamas.

Resistência química

Outro fator relevante, especialmente para armazenamento de produtos químicos, é a resistência à corrosão. O poliestireno é mais vulnerável, especialmente contra produtos à base de petróleo. Já o poliuretano é bem mais resistente à abrasão.

Resistência mecânica

A espuma rígida de PU pode apresentar diversas facetas, sendo muito rígida ou menos rígida. Isso visto que o poliestireno expandido é o isopor, qualquer espuma rígida de poliuretano tem dureza maior.
Sendo também usado na confecção de juntas mecânicas e rodas, pela sua capacidade de suportar peso e aguentar impactos. Também é muito relevante em alguns casos, especialmente em freezers portáteis, por exemplo.

Resistência acústica

O barulho do motor do freezer também pode ser um incômodo em alguns casos, como em sistemas de ar-condicionado integrados a um prédio. Ter um material que seja igualmente bom para isolamento térmico e acústico é muito útil nessas horas. O poliuretano tem propriedades próximas às da borracha, o que também evita que o som se propague através dele.

Custo-benefício

No geral, o poliuretano apresenta maior rendimento, mas também é um material mais caro. Caso seu projeto seja temporário, o poliestireno é uma opção mais barata e acessível.

Com essas informações, você já pode escolher entre o poliestireno ou poliuretano com mais facilidade. Clique aqui para solicitar um orçamento de Poliuretano com a nossa equipe de especialistas.

Por fim, aproveite para deixar seu comentário e compartilhar este artigo em suas redes sociais.