Central Educativa

Guia para escolher a espuma flexível de poliuretano ideal

A espuma flexível de poliuretano é um dos materiais mais versáteis já criados. E seu uso pode ser percebido, principalmente, onde se requer conforto. Não é à toa que trata-se do material de amortecimento de quase todos os móveis estofados.

Alguns exemplos de sua presença são:

  • Sofás;
  • Colchões;
  • Travesseiros;
  • Almofadas;
  • Tapetes;
  • Embalagens;
  • Componentes automotivos;
  • Componentes para calçados;
  • Brinquedos;
  • Artigos para construção civil.

Apesar de parecer um material simples, a espuma flexível de poliuretano sugere uma atenção em sua fabricação. Isso ocorre porque qualquer falha durante o processo pode acarretar na perda da produção.

Um produto final de qualidade precisa atender a três características básicas e primordiais: durabilidade, conforto e suporte. Ao compreender cada uma delas, fica mais fácil analisar o acabamento e a qualidade.

O primeiro passo para que tudo saia de acordo com o esperado é a escolha do fornecedor. Por esse motivo, abordamos mais sobre esse assunto nesse artigo, entre outras informações mais técnicas a respeito da espuma flexível de poliuretano para que você faça uma ótima escolha.

A importância do fornecedor

O fornecedor da espuma flexível de poliuretano deve ter uma grande experiência no mercado, a fim de que o produto oferecido seja o correto para a produção de um estofado. Afinal de contas, o consumidor não irá escolher um sofá ou colchão, por exemplo, apenas por estética ou preço.

Uma dica importante é conversar com o fornecedor antes de começar qualquer manufatura. Iniciar a produção de uma mobília sem antes saber exatamente qual espuma flexível irá preenchê-lo é um grande risco, em termos de qualidade.

Esse contato deve ser feito no início da fase de design, em que muitos problemas pontuais podem ser evitados durante o processo de produção.

Ao seguir esse caminho, o produtor passa a ter controle sobre as três características citadas acima. No caso da durabilidade, sabe-se que, quanto maior a densidade da espuma, mais ela manterá suas propriedades originais. A densidade específica de uma mobília será conhecida justamente a partir da experiência do fornecedor.

O mesmo pensamento vale para o conforto, que deve ser avaliado com base no toque com as mãos, bem como ao sentar-se ou deitar-se, dependendo do tipo de mobília. É nesse aspecto que entra a questão do suporte, já que um produto de boa qualidade deve ser capaz de aguentar o peso de uma pessoa sem que seja danificado com o tempo.

Portanto, envolva o fornecedor desde o início dos trabalhos, a fim de extrair o máximo de seus conhecimentos sobre o assunto.

espuma-flexível-de-poliuretano

Propriedades físicas da espuma flexível de poliuretano

Esse é mais um nobre motivo para contar com a experiência de quem produz a espuma flexível de poliuretano. Entre os fatores que fazem parte das propriedades físicas estão a densidade, superfície e suporte.

Suas propriedades físicas estão ligadas às características básicas, tais como a passagem de ar, regularidade e tamanho de células, que são influenciados pelos fatores mecânicos. Além, é claro, dos fatores químicos da formulação.

Densidade

A densidade de uma espuma é obtida pela relação massa/volume do corpo de prova. É a quantidade de matéria-prima (em quilograma) utilizada por metro cúbico. Em outras palavras, o peso cúbico da espuma é correspondente à sua densidade, simbolizada pela letra D. Quanto maior a densidade, mais durável será a espuma.

Essa situação é perfeitamente entendida quando se fala em colchões e sofás. Uma das escolhas primordiais quando um consumidor procura esses produtos para compra é a densidade, normalmente a D-33 para colchões.

Isso significa 33 kg/m³, capazes de suportar pessoas até 100 kg com suporte, firmeza e maciez.

Se o peso do (s) usuário (s) de um item revestido pela espuma flexível de poliuretano for maior, o sugerido é que a densidade escolhida também seja maior. Isso aumentará a durabilidade do produto e oferecerá mais conforto.

Vale frisar que densidade e firmeza são questões independentes entre si. Isso significa que uma espuma pode ser de baixa densidade e firme ao mesmo tempo. Ou de alta densidade, mas suave.

Superfície

A medida usada para determinar a sensação de superfície da espuma flexível de poliuretano é expressa em termos da Deflexão da Força de Indentação em 25%, ou IFD25. Quanto maior a leitura da força, maior a capacidade de carga da espuma.

No caso de um colchão, o teste de Força de Indentação é realizado antes e depois do teste de rolagem, para verificar a perda de dureza, que não pode ser maior do que 25%.

Conclui-se, então, que se trata da relação direta de conforto da espuma. Ela deve ser macia, para moldar-se ao corpo de uma pessoa, e, ao mesmo tempo, anatômica e resistente ao peso.

Suporte

O fator de suporte também é conhecido como módulo de compressão. Ele é percebido pelo nível de recuo da espuma flexível de poliuretano, que deve ser de 65%. Essa preocupação deve ser levada em conta porque um fator de suporte maior significa que as almofadas serão mais capazes de distribuir o peso uniformemente.

Um fator de suporte alto também permite ao usuário ter uma sensação de superfície mais suave.

O suporte pede uma espuma de conforto que irá garantir ao usuário um produto macio e confortável. No caso dos sofás, a densidade mais encontrada no mercado é a D-28.

Já para o encosto, a densidade pode variar entre D-20 e D-28, coberta por uma camada de densidade D-28. Isso ocorre porque essa é a região que sofre menos pressão quando alguém está sentado. Assim, o risco de deformação é menor.

Conforto

Último item, mas não menos importante. Avaliar o conforto da Espuma Flexível de Poliuretano é essencial pois é um dos fatores que define o quão confortável é uma mobília. Para avaliar esse item, dois quesitos precisam ser analisados: a faceta tátil, que é a sensação quando tocado à mão; e o conforto ao sentar-se. Contudo, a avaliação do conforto depende de quem está julgando. Mas, devido a versatilidade desse tipo de espuma, é possível satisfazer os mais variados níveis de conforto e requisitos.

Se você tiver dúvidas ou quiser compartilhar seus conhecimentos sobre espuma flexível de poliuretano com a gente, deixe aqui seus comentários!